Soldador, a peça que é fundamental na Irrigabras

Atualizado: 19 de Nov de 2019

- 11 de outubro de 2018


Responsável pela união dos materiais metálicos, no dia 23 de setembro foi comemorado o Dia do Soldador

“A arte da solda funcionando é o que mais me motiva”. Foi desta maneira que o soldador da Irrigabras, Isaac Januario Jesus, de 30 anos, definiu a profissão. No dia 23 de setembro foi comemorado o Dia do Soldador, o responsável pela união dos materiais metálicos, utilizando a fusão com meio principal. Isaac salienta, ainda, que trabalhar na área de soldagem na Irrigabras é gratificante. “Trabalhando aqui consigo agregar o conhecimento teórico e também o prático. Eu não pensava em entrar na área robotizada, porém, na Irrigabras, estou cada vez mais interessado pelos robôs”.


Para Luiz Henrique Ferreira da Silva, de 18 anos, a parte do chanfro é a que mais o encanta. “Gosto de ver a junção realizada pelo calor e depois a aplicação que aquela peça tem”, disse. Luiz se interessou pela área de soldagem por causa de seu pai, que trabalhava na área de caldeiraria. “Fiz o curso técnico em metalurgia e acabei me interessando pela soldagem”, contou.


Procurar fazer sempre o melhor é o lema que o Francisco Estevam da Guia tem. Com 62 anos, 40 deles na profissão e 28, na Irrigabras, Francisco é preciso no que faz. “Se você faz uma solda fraca, ela pode quebrar e isso é uma grande responsabilidade para mim e para todos do setor”, disse. Para ele, a profissão evoluiu muito com o passar dos anos. “Há 20 anos, era tudo muito decadente, porém, hoje, a tecnologia avançou e com ela vieram os recursos para a soldagem”.


A história do Daniel Aparecido da Silva, de 59 anos, também é muito interessante. Ele queria ser policial. Prestou concurso para ingressar na polícia e passou. Porém, sua mãe, preocupada com a profissão que havia escolhido, não deixou ele se apresentar no batalhão. Foi nesse momento que a profissão de soldador surgiu em sua vida. “Fiquei sem opção e fui trabalhar com o que apareceu naquele momento. A Irrigabras me ajudou muito na época”, contou. Quando ingressou na empresa, trabalhou primeiro no almoxarifado e depois foi transferido para o setor de soldagem. “Além de muito interessante, a profissão de soldador é muito bonita. Gosto de todo o processo de fabricação dos tubos”, disse Daniel.


Assim como Daniel, para o Deneval Lourenço, de 59 anos, a profissão que o escolheu. “Quando entrei na Irrigabras, eu era auxiliar, depois fui serralheiro e agora sou soldador. Foi acontecendo”, contou. Deneval acredita que o trabalho está mais fácil nos dias de hoje, com menos riscos de erros, visto que as peças chegam aos soldadores mais preparadas para a solda. “Antigamente podemos dizer que era tudo mais braçal, 'na unha'. Com as peças cortadas nas máquinas de plasma CNC, a soldagem ficou muito mais precisa”.

Marino Clemente de Lima, de 54 anos, é outro veterano na profissão. É soldador há mais de 30 anos, 16 deles na Irrigabras. “Eu gosto de fazer meu trabalho bem feito”, ressalta. Para ele, muitas coisas mudaram na soldagem, principalmente o maquinário. “Antigamente era mais perigoso, mas hoje melhorou muito”, conta.


Na história do Milton Gonçalves de Jesus, de 70 anos, a saúde falou mais alto. Ele era pintor, porém, com o contato e inalação diária com a tinta começaram a aparecer bronquites e pneumonias. “Por isso, resolvi sair da pintura. Estava me fazendo muito mal”, contou. Foi então que decidiu entrar na escola de solda e após três meses de estudos já era soldador. Atualmente, na Irrigabras, ele faz a montagem das peças e ponteia com a solda os pontos principais. “Depois disso, outro soldador da equipe finaliza o material soldando tudo que deve ser soldado”, explica.


Atualmente, os sete profissionais da equipe de soldagem da Irrigabras trabalham diariamente sob uma proteção necessária, como óculos, máscaras, avental, colete e luvas, acessórios essenciais na área.

SOBRE A IRRIGABRAS

A Irrigabras Irrigação do Brasil Ltda., sediada em Barueri-SP, está presente no mercado brasileiro deste 1985 oferecendo excelência na fabricação de equipamentos e acessórios para irrigação por aspersão. A diversificação de produtos coloca à disposição do pequeno, médio ou grande produtor, sistemas de irrigação adequados às suas necessidades, como o pivô central, carretel irrigador, tubos e acessórios para irrigação e fertirrigação. Inovar seus produtos e otimizar seus processos produtivos são desafios constantes para a Irrigabras.

Para mais informações sobre a Irrigabras visite www.irrigabras.com.br ou ligue para 11 2842-6464.

Adquira produtos utilizando